Tratado internacional

man-3002494_640

O nacionalista empertigou-se na festa com a audácia do inglês. O homem que chegara de Londres estranhava o fato de que no Brasil não lhe era solicitado o falar do português. Uma jovem moderna, ao perceber as palpitações do patriota irritado e, tentando apaziguar os ânimos, disse ao estrangeiro: – Não tem problema, Conrad! Aqui ninguém liga pra isso!

Ah, mas foi aí que o nacionalista não aguentou! Posicionou-se em enfrentamento, vociferando e dizendo que – sim! – aqui nestas terras o inglezinho deveria falar o português – bem claro! – e que isso iria lhe proporcionar enriquecimento cultural em todos os aspectos, além de um breve momento de relaxamento mental, visto que nosso idioma, quando falado em sua totalidade e propriedade, trazia também refúgio à alma devido à musicalidade poética de cada palavra.

O inglês, realmente interessado pela questão e satisfeito por, pela primeira vez no Brasil, alguém ter advertido suas maneiras, agradeceu cordialmente seu interlocutor e, sem coragem de salivar sua língua natal, pediu à jovem moderna que solicitasse àquele senhor que, então, mostrasse um exemplo de aplicacão do português para exemplificar a defesa de tal idioma onírico.

No meio daquela festa embriagada – o brasileiro viu que tanto fazia, pois – tamanha era a beleza do nosso idioma que – qualquer cousa em português ressoaria o encanto da nossa língua! Entufado de orgulho, colocou-se a cantar a primeira canção que lhe veio à cabeça: “eu deixei de ser pé de cana, eu deixei de ser vagabundo, aumentei minha fé em Cristo, sou bem visto por todo mundo!”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s